Início Nacional Antes do negócio ser cancelado, gestores da TAP já receberam 29 BMW...

Antes do negócio ser cancelado, gestores da TAP já receberam 29 BMW de luxo

148
0

É uma das polémicas da semana. Enquanto o Governo continua a injetar milhões de euros na companhia aérea TAP, os gestores da empresa estão a ser gratificados com carros de luxo. De acordo com o jornal Correio da Manhã, a BMW já entregou 29 híbridos e, afinal, o acordo não era de 50 carros, mas sim 79.

Entre os gestores da TAP e os da Portugália Airlines, companhia aérea que faz parte do Grupo TAP, seriam entregues 79 carros de luxo, da marca BMW. 29 deles teriam sido entregues ainda antes desta polémica ter estourado. Esta gratificação está a ser muito criticada e até o Presidente da República reprovou o sucedido.

Com toda a polémica, o negócio parece ter ruído e estes 29 carros, que já foram distribuídos entre gestores da companhia aérea, teriam que ser devolvidos, segundo o Correio da Manhã. No entanto, no caso destes 29, haverá sempre perda. Afinal, a encomenda não foi cancelada. Os carros serão devolvidos, mas já usados. Os restantes 50 já foram cancelados, alegadamente.

De acordo com o Correio da Manhã, a TAP poderá ter que indemnizar a BMW em até 500 mil euros, precisamente por terem cancelado um negócio de três milhões de euros.

Ainda sobre esta polémica bizarra, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC) anunciou que o Governo terá que “controlar esta administração, que só parece estar interessada em mordomias, ignorando os sacrifícios dos trabalhadores”, por estes terem tentado esbanjar milhões de euros em carros de luxo para os gestores, ignorando as dificuldades que a TAP atravessa há anos.

Também o Sindicato dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves tem uma opinião semelhante, na defesa dos trabalhadores da companhia. “A avançar, a aquisição destes novos veículos seria uma atitude incompreensível nos tempos que correm, em que são pedidos grandes esforços a todos trabalhadores da TAP”, anunciaram.

“Pedimos mais respeito pelos trabalhadores da TAP e pelos contribuintes”, exigiu também o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui