Início Sem categoria GNR MORTOS: Vânia cumpria o sonho de ser GNR e Carlos preparava-se...

GNR MORTOS: Vânia cumpria o sonho de ser GNR e Carlos preparava-se para ser pai

61
0

É a notícia que está a marcar a atualidade  o nosso país e dá conta que os agentes da GNR Carlos Pereira e Vânia Martins não resistiram aos ferimentos, após um violento acidente na autoestrada 1. Segundo o jornal Correio da Manhã, os dois militares estavam em estado crítico e não resistiram aos ferimentos, morrendo na manhã desta quarta feira.

“Carlos Pereira, guarda de 28 anos, estava internado no hospital de Santarém, em coma induzido e ferimentos graves a nível do tórax. Vânia Martins, cabo de 30 anos, foi transferida para o hospital de São José, em Lisboa, devido a lesões graves na cervical”.

“O condutor foi detetado a mais de 150 km/h num radar que estava instalado cinco quilómetros antes do local onde se deu a colisão. O carro da GNR estava junto ao separador central, na faixa da esquerda, a sinalizar trabalhos de limpeza na berma, quando foi abalroado por trás”.

O acidente está sob investigação das autoridades e a Guarda Nacional Republicana ainda não confirmou as mortes mas os familiares já o confirmaram e têm feito as diligências normais nestes casos.

O Correio da Manhã contou um pouco da história de vida dos agentes que morreram esta semana: “Menina da aldeia sonhava ser GNR – Vânia Sofia Martins cresceu na aldeia de Moitas, no concelho de Proença-a-Nova. Chegou a trabalhar na fábrica de componentes para automóveis Deplhi, em Castelo Branco, mas conseguiu cumprir o sonho de entrar para a GNR, o que aconteceu em 2013”.

“Viúva no final da gravidez – Há vários anos que o guarda Carlos Pereira namorava com a atual companheira, filha de um antigo militar da GNR. Há pouco mais de um ano decidiram viver juntos na Covilhã e o primeiro filho estava agora a caminho. A mulher está grávida de sete meses”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here