Início Nacional Pedido do Benfica adia início do ‘caso dos emails’

Pedido do Benfica adia início do ‘caso dos emails’

4756
0

O início da instrução do caso dos emails estava agendado para esta quarta-feira, mas foi adiado, após um pedido do Benfica, que não agradou ao FC Porto. Tudo porque os encarnados querem que o processo decorra em Lisboa, e não em Matosinhos, como estava inicialmente previsto.

Depois do Ministério Público ter acusado Francisco J. Marques (diretor de comunicação do FC Porto), Júlio Magalhães (jornalista e antigo diretor do Porto Canal) e um comentador por terem divulgado os emails do Benfica, precisamente do clube, estes arguidos teriam pedido que o processo se iniciasse no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, mas de acordo com a agência Lusa, o Benfica pediu alteração para Lisboa.

No momento, não há data para o início, uma vez que este requerimento vai ser analisado. De acordo com o despacho, o Benfica, que aparece neste processo como assistente, não confia no Tribunal de Matosinhos, falando mesmo em “incompetência territorial”, pela proximidade com a cidade do Porto, onde os emails foram divulgados.

“O que os arguidos fizeram foi dar a conhecer publicamente o conteúdo de correspondência eletrónica reveladora de factos suscetíveis de merecer censura criminal, disciplinar desportiva e ético-social assacável aos Assistentes [empresas ligadas ao universo Benfica] e aos indivíduos que no interesse deles atuaram, devendo, consequentemente, esse exercício qualificar-se como juridicamente legítimo e lícito (…), excluindo-se a verificação dos pressupostos de que depende a responsabilização criminal dos arguidos”, pode ler-se no Requerimento de Abertura de Instrução.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here