Início Famosos Jessica Athayde perseguida por trauma de infância: “Encontrei-a morta, numa poça de...

Jessica Athayde perseguida por trauma de infância: “Encontrei-a morta, numa poça de sangue”

4329
0

Jessica Athayde lembrou um episódio que marcou a sua infância e que até hoje a atormenta. Foi ontem no programa Alta Definição, de Daniel Oliveira, onde a atriz, de 35 anos, falou sobre vários aspectos da sua vida pessoal e profissional.

“A rua onde morava ia dar a uma praia. Tinha apenas 5 anos de idade quando foi a casa de uma vizinha que morava nessa rua junto ao mar. Bateu à porta e ninguém atendeu. Decidi levantar a tampa do correio e espreitar para dentro de casa, sem consciência do horror que iria presenciar”.

“A primeira memória que eu posso ir buscar de quando era criança… eu deveria ter, provavelmente, uns 5 anos. Estava a ir a casa de uma vizinha e ela não abria a porta. Abri a tampa do correio e espreitei para dentro de casa. Encontrei-a morta no chão, numa poça de sangue. É uma memória que nunca vou esquecer”.

Falou sobre a relação com o pai do seu filho: “A minha separação foi uma separação triste, não foi por falta de amor. Comecei a perceber que a adição é uma doença para a vida. Ele estava a fazer o caminho dele e esse caminho não estava a ser compatível com o facto de ter um bebé pequeno”.

“Tive de tomar uma decisão dura, o mais importante e que o meu filho crescesse num ambiente certo. Eu queria tanto este filho, amava tanto o pai do meu filho, queria tanto que ele crescesse com os pais juntos. E isso não acontecer foi… Tive de me afastar e ele teve de encontra o caminho dele e eu o meu. Tive de perceber que o que o Diogo tinha não era uma fase, era uma doença, cheguei a ir a reuniões…”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here