Início Nacional Treinador Guimarães: “Há um amarelo que fica por mostrar ao Romário Baró,...

Treinador Guimarães: “Há um amarelo que fica por mostrar ao Romário Baró, que seria o segundo”

377
0

João Henriques, treinador dos vimaranenses, fez uma excelente análise sobre a derrota frente ao FC Porto, por 3-2, e lamentou o lance em que o médio Romário Baró não viu o segundo amarelo. Algo que mudou completamente o rumo do jogo.

“[Estou] satisfeito apenas com aquilo que vai ser o futuro do Vitória. De resto, o resultado não nos dá nada. Queiramos vencer. Queríamos não sofrer os golos que sofremos e da forma que os sofremos. O segundo e o terceiro golo são reveladores da imaturidade da equipa. Contra estas equipas, esses traços de imaturidade são evidentes”.

“Quando uma equipa que passa para a frente do marcador e sofre no minuto seguinte, isso afeta. Esses detalhes definem o resultado. Esses jogos fazem com que vamos aprendendo e crescendo. Não levamos os pontos que queríamos. A equipa cumpriu o plano estratégico. Queríamos ser incisivos quando atacávamos. Fomos [ao marcar o 1-0]. Depois, num erro coletivo, permitimos que o Sérgio [Oliveira] colocasse uma bola em profundidade para o FC Porto fazer golo [1-1]”.

“Na segunda parte, voltámos melhor do que no final da primeira. Voltamos a ser incisivos quando chegámos à frente. Não podemos é sofrer o empate assim e o terceiro golo daquela forma. Permitimos ao adversário ter mais bola, circulá-la, impedindo-os de jogar por dentro e obrigando-os a jogar por fora. Anulámos quase sempre os cruzamentos”.

“Houve também muitos remates [do FC Porto] para fora. Estava tudo preparado para sairmos com qualidade, mas nem sempre conseguimos. Quando estamos a vencer por 1-0, há um amarelo que fica por mostrar ao Romário Baró, que seria o segundo. É mais um detalhe na história de um jogo que fica marcado pela nossa imaturidade”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here