Início Nacional Filha de Tânia Laranjo vítima de assédio em direto

Filha de Tânia Laranjo vítima de assédio em direto

99
0

Momento muito feio na televisão portuguesa, quando um homem assediou Francisca Laranjo, jornalista da CMTV, à porta do estádio de Alvalade, no dia 21 de maio. A jovem repórter, que é filha de Tânia Laranjo, estava a fazer um direto para a CMTV, sobre o que estava a passar, na antecâmara para esse grande dérbi, entre Sporting e Benfica quando, apesar das câmaras presentes, um homem se acercou dela e a beijou. 

O caso foi exposto nas redes sociais, para exemplificar o assédio generalizado que continua a acontecer. Mesmo com câmaras e com toda a exposição, o homem não se coibiu de assediar uma jovem mulher, enquanto esta trabalhava. 

A própria Francisca partilhou o vídeo nas suas redes sociais, a agradecer o apoio que tem recebido e a lamentar que nem as câmaras evitam este tipo de comportamentos criminosos, especialmente perpetrados contra mulheres. 

“Obrigada por todas as mensagens. Estou bem e tenho uma personalidade que me permite andar para a frente. Acabei o direto a tremer mesmo assim. Fica a prova que nem em direto para Portugal inteiro o nosso espaço é respeitado. Seguimos juntas”, escreveu a jovem jornalista, que está a receber uma enorme onda de apoio, depois deste incidente muito grave. 

No momento, a jovem afastou-se, em repulsa, a tentar proteger-se, mas tentou continuar com o direto, apesar desta situação muito feia. “Isto é assédio. É denunciar o tipo”, “A CMTV deve apresentar queixa”, “Que besta de m*rda”, “Que nojo!”, “Está identificado. Basta ir à PSP”, “Vergonhoso, veremos se haverá alguma denúncia”, “Anormal mesmo”, “É um comportamento inaceitável. Espero que a justiça faça o seu trabalho”, “Gostava de acreditar que o iluminado que tenha tido a ideia de assediar alguém em direto para um dos canais mais vistos do país não vá passar sem lhe aparecer uma carta da polícia em casa”, ou “É triste e envergonha-me enquanto homem que haja esta infeliz maioria. Que um dia as coisas sejam diferentes”, são alguns dos muitos comentários, nas redes sociais. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui