Início Famosos Dez anos depois, amigo conta como está o toureiro José Luís Gonçalves...

Dez anos depois, amigo conta como está o toureiro José Luís Gonçalves após o terrível acidente no ‘Dança com as Estrelas’

88
0

No próximo mês de julho, cumprem-se dez anos, sobre esse acontecimento fatídico no programa ‘Dança com as Estrelas’. Na altura, apresentado por Cristina Ferreira, o programa de dança de famosos ficou manchado por essa tragédia com o toureiro José Luís Gonçalves.

O toureiro era um dos participantes do programa e sofreu uma queda, da qual resultou um traumatismo cranio-encefálico, que lhe deixou lesões irreversíveis.

A queda do toureiro aconteceu antes da estreia do programa, quando ensaiava uma coreografia com a fadista Raquel Tavares. Supostamente, o toureiro caiu das escadas, que ainda não tinham o corrimão colocado. Encadeado pelos holofotes, o toureiro perdeu a noção do espaço e caiu num fosso.

Pedro Teixeira, que também ia participar no programa, assistiu a tudo. “O Zé Luís estava a descer as escadas, que ainda não tinham corrimão, ficando encadeado com os holofotes e caiu desamparado. O Pedro [Teixeira] foi o primeiro a chegar ao pé dele. Ficou chocado com o que viu e fartou-se de chorar. O Zé Luís estava inconsciente, a deitar sangue pela boca, nariz e ouvidos”, foi a explicação de uma fonte, em julho de 2013, sobre o acontecimento fatídico.

Depois de quatro anos em coma, José Luís Gonçalves continua a necessitar de muitos cuidados e vive atualmente no centro da Unidade de Cuidados Continuados Maria José Nogueira Pinto, na Aldeia de Juzo, em Cascais. De acordo com um amigo, Américo Manadas, em declarações à revista ‘The Mag’, José Luís Gonçalves tem melhorado, mas de forma lenta.

“Ainda na semana passada falei com ele ao telemóvel. Ele fala, responde a uma pergunta ou outra, mas depois cansa-se e alheia-se mais. Diz algumas palavras… Mas achei-o bem disposto.

Ele continua na cadeira de rodas, não se consegue levantar. Durante a pandemia, houve um período de tempo em que não conseguiu receber fisioterapia adequada e houve até uma regressão no seu estado. Desde então, mantém-se na mesma”, contou o melhor amigo do toureiro.

Américo também elogiou muito a esposa de José Luís, que não o abandona nunca. “Todas as tardes ela vai para lá ter com ele. É um anjo. Se não fosse ela, não sei. Pelo que sei o filho [de 27 anos] nunca mais apareceu”, apontou ainda Américo Manadas.

Sobre as perspetivas para o futuro, Manadas admite que é um dia de cada vez e que não há perspetiva para que José Luís Gonçalves possa deixar a unidade de Cuidados Continuados. “São coisas que acontecem na vida e que, infelizmente, não podemos prever. A vida é mesmo assim”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui